Quem nunca viu nenhum episódio de Modern Family e acompanha as premiações como Emmy e Globo de Ouro pode estranhar o porquê de esta série estar vencendo constantemente os prêmios na categoria comédia em detrimento a séries mais populares do gênero quando The Big Bang Theory, por exemplo.
E mais ainda, pode achar que a série seja superestimada ou com algum esquema de marketing forte.
Mas, bastam alguns minutos de exibição a nota-se a tamanha qualidade técnica e escrita da série, com personagens completamente irresistíveis e que não perdeu a mão agora no 6º ano.

4
Modern Family conta a história de uma família dividida em 3 arcos: temos um casal cuidando de seus 3 filhos totalmente diferentes entre si: a mais nerd, a mais descolada e o caçula, o mais desajeitado. Em um outro arco, temos o patriarca da família que se casou com uma colombiana e também cuida do filho dela. E finalmente temos dois homens que vivem juntos e adotam uma criança vietnamita.

2
A série pode parecer uma sitcom como qualquer outra e mais do mesmo, mas há algumas diferenças peculiares: há vários cenários que compõem o todo e não há risadas ao fundo: os momentos cômicos ficam a cargo do personagem certo, história certa e ângulo de câmera certa. E diverte mais do que qualquer série que força o espectador a rir de algo corriqueiro.
E no caso de Modern Family, há alguns elementos que a tornam especial, como a quebra da 4ª parede dos personagens em momentos-chave, deixando a maioria dos episódios quase como documentários; um flashback que complementa alguma piada e sempre no final dos episódios, há uma espécie de cena pós-créditos – que também é um recurso usado pelo Porta dos Fundos.

3
A série fala sobre alguns conceitos que ainda são considerados tabus como casais do mesmo sexo que vivem juntos e adotam um filho, o tratamento dado aos latinos em terras estadunidenses e sobre como criar filhos adolescentes. E um dos trunfos da série é tratar desses assuntos, fugindo de cenas e situações polêmicas, mas sem suavizar os problemas, sem questionar a inteligência do espectador e sem se esquecer de que se trata de uma série de comédia – e não dramática.
E com vários personagens, não há nenhum “elo fraco” e todos os integrantes – sem exceção – têm sua força na história e fazem muito bem os seus papéis e são necessariamente bons atores fora de Modern Family, como a beldade Sofia Vergara, que interpreta Gloria e Sarah Hyland, que interpreta a patricinha Haley. Junto com Ariel Winter (que anda causando polêmica nas redes sociais), ambas já fizeram grandes bombas cinematográficas e se provaram péssimas atrizes de cinema.

1
Nada disso desmerece a série (estamos avaliando o que acontece dentro dos episódios e não fatores externos) e elas entram na galeria dos atores/atrizes que dão mais certo na TV em detrimento ao cinema, como Sarah Jessica Parker, Claire Danes e Matthew Perry, por exemplo.
Modern Family já foi renovada para a 8ª temporada e o elenco tem contrato para uma 9ª temporada. E este pode realmente ser o fim dela. Os atores estão mais exigentes, cobrando mais caro e o elenco infantil das primeiras temporadas já cresceu. Fica difícil prever quem se dará bem com o final de Modern Family no que diz à carreira. Vários atores que fizeram bonito na telinha estão no esquecimento hoje em dia.

5
Mas enquanto Modern Family estiver aí, continuaremos acompanhando as desventuras e evolução desta família que poderia ser qualquer uma, afinal, nada é mais bizarro do que o comportamento humano.
Nota: 10,0

"Desistir não é uma opção"

Comments

comments

%d blogueiros gostam disto: